Ensaio

Cena do poço em Lascaux

Os principais temas presentes na pintura são definidos pelos personagens em cena: o homem, o bisão, o pássaro e o rinoceronte. Apesar (ou por causa) da riqueza da cena, não há consenso sobre seu significado. A primeira questão que se coloca é se estamos realmente diante de uma composição narrativa ou de um simples ajuntamento de imagens que, feitas ao longo do tempo, não compõem um conjunto. Essa hipótese não somente vai contra a evidência da imagem como subestima a capacidade artística de um ser humano que estava experienciando uma explosão simbólica.
É possível que os artistas quisessem narrar a seguinte sucessão de eventos: o bisão matou o homem durante uma caça e depois foi atacado pelo rinoceronte; o pássaro na extremidade da haste representaria a alma do defunto. O homem está caindo (caído?) para trás e sua cabeça é semelhante a um pássaro. O rinoceronte pode ter sido pintado por uma mão diferente e então não faz parte da cena. O bisão não pode atacar pois está perdendo seus intestinos.
Outra tentativa de interpretação faz referência a uma guerra de clãs em que o clã bisão enfrenta o clã pássaro. Talvez tenha também o clã rinoceronte. Essa hipótese é reforçada pelo fato de o pássaro ser a ornamentação de um propulsor. Uma variante dessa interpretação diz que podemos estar diante de uma cena xamânica, representando o momento em que o xamã cai em transe, durante a tentativa de fazer a paz entre os clãs. Na busca da conciliação, ele aponta para o pássaro e para o bisão.
Alguns detalhes fogem de qualquer interpretação: o personagem está itifálico e suas mãos têm quatro dedos.

image103
Figura 1. Cena do poço em Lascaux. Diferentemente das pinturas rupestres realizadas nessa época, esse painel conta uma história cujo significado nós modernos podemos somente levantar hipóteses procurando uma integração possível entre o homem, o bisão e o rinoceronte. Fonte: http://www.lascaux.culture.fr
image104
Figura 2. DALÍ (1904-1989). “Sonho causado pelo voo de uma abelha em volta de uma romã, um segundo antes do despertar” (1944). Óleo sobre tela, 51 x 40,5 cm. Museu Thyssen-Bornemisza, Madrid. Como é habitual em Dalí, esse quadro conta uma história cujo significado nós observadores podemos somente levantar hipóteses procurando uma integração possível entre a mulher, os tigres, o peixe e o elefante. Ah, tem a abelha também. Fonte: http://virusdaarte.net/dali-sonho-causado-pelo-voo-de/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s