Ensaio

O instante fixado na rocha

Por estar no campo do raciocínio conceitual, bem posterior, é praticamente impossível que ele fosse capaz de pensar em uma instância eterna (a fertilidade, como expressão essencial da Vênus esteatopígica) que se traduziria na pedra, matéria prima sensivelmente isenta de vir-a-ser. Nesse caso, a eternidade do conceito estaria em consonância com a eternidade da pedra. Com esse pensamento, ele se sentiria autorizado a enfrentar a relação entre a realidade dinâmica e a forma fixa; assim, ele ficaria a vontade para fazer a escultura. Mas estamos todos de acordo que esse raciocínio não tem nada que ver com aquele ser que, há trinta mil anos, tomou a iniciativa de fazer uma escultura.
A hipótese mais provável para ele se dispor a representar a realidade com uma pedra é que ele simplesmente já era capaz de captar e de memorizar a imagem de um instante desse vir-a-ser, que ele eternizou na escultura de pedra. Nada mais natural que o instante fixado na pedra ou na parede da caverna fosse o que mais emocionava, fosse o que ele retinha em sua memória imagética: a mulher fértil e o animal de caça.

image70
Figura 1. A gruta de Lascaux é talvez o ponto culminante da arte parietal do paleolítico. O teto dessa galeria mereceu uma composição com animais que faziam parte do cosmo, do mundo com significado. Fonte: http://www.lascaux.culture.fr
image71
Figura 2. Mestre Ataíde, “Glorificação da Virgem”. Teto da Igreja da Ordem Terceira de São Francisco de Assis (Ouro Preto, 1801/1812). A Glorificação da Virgem foi sua obra mais famosa. Mestre Ataíde confirma a tradição multimilenária de reconhecer a especial sacralidade do teto do recinto sagrado. Fonte: http://www.jornalismo.ufop.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s