Ensaio

A procriação e a estatueta sagrada

A Vênus dava confiança ao grupo de que as mulheres iam engravidar e procriar, condição de coesão e crescimento do grupo. As estatuetas da fecundidade eram uma produção simbólica associada a um problema que o ser humano já havia detectado então: o grupo tinha de crescer para enfrentar os problemas que a vida colocava, para melhorar as condições da caça e da coleta, para enfrentar os animais ferozes, para enfrentar eventualmente outros grupos de caçadores.
A necessidade do nascimento de novas gerações era exacerbada diante da mortalidade precoce daquelas populações, em que a mulher, com frequência, morria no primeiro parto e o jovem guerreiro na caça. Assim, esperava-se que a mulher cumprisse sua função na sociedade: a procriação. Como tudo dependia de se conseguir apoio da deusa Mãe, essa função assumia um caráter sagrado.

image58
Figura 1. A estatueta feminina denominada “O torso” foi feita de marfim e tem cerca de 25.000 anos. Medindo 94 x 52 cm, ela pertence ao Paleolítico superior, período Gravetiano (Escavações Fouilles Edouard Piette, 1894-97). A Vênus dava confiança ao grupo de que as mulheres iam engravidar e procriar, condição de coesão e crescimento do grupo. Fonte: Museu de Arqueologia Nacional, Saint-Germain-en-Laye. Disponível em http://musee-archeologienationale.fr/phototheque/oeuvres/figurine-dite-le-losange_sculpture-technique_steatite
image59
Figura 2. Escultura da fachada da Manufatura Nacional des Gobelins (PL 1913), Paris. A fertilidade da mulher e a criação artística (artesanato) são dois aspectos do mundo simbólico em que vivemos. Fonte: Avenue des Gobelins, Paris. Foto Eliara Sandim (2015). Foto 2015/07-P1080086.jpg

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s