Ensaio

A mulher e a estatueta sagrada

A estatueta feminina – símbolo da fecundidade – era manuseada de forma insistente durante gerações e gerações. Em geral elas tinham a dimensão apropriada para serem seguradas, de tal forma que as menores mediam cerca de 4 cm e as maiores 23 cm. O centenário manuseio da escultura marcou a pedra, matéria prima da escultura.
Pela insistência com que as Vênus eram manuseadas, parece que havia um convívio permanente entre mulher e Vênus, compatível com uma identificação entre arte, rito e simbolismo. O que não são conhecidos são os detalhes desse manejo. Ela era segurada permanentemente até a mulher engravidar ou somente durante os ritos da fecundidade? Todas as jovens seguravam a Vênus ou somente aquelas que demoravam a engravidar? Era somente a adolescente que segurava ou também aquela que já tinha filho(s)?
Pode-se deduzir que era a mulher quem a segurava já que não era conhecida a participação masculina na fecundação. Impensável dizer que ela segurava a estatueta da fertilidade durante o ato sexual, já que esse ato não tinha significado fértil para a mentalidade de então. Talvez fosse proibido ao homem tocar na estatueta, visto que os dois cosmos eram excludentes na prática social.

image52
Figura 1. Venus de Sireuil. Dordogne, 25.000 aC, 9,1 cm de altura, descoberta em 1900, feita de calcita de tonalidade âmbar. Notável nessa Vênus é seu quadril pouco exagerado, suas pernas dobradas, suas linhas curvas e sua cor suave e translúcida. A leveza dessa Vênus e seu acabamento lembram a harmonia da relação do ser humano com a natureza. Fonte: http://theswedishparrot.com/venus-et-autres-venus/
image53
Figura 2. Afrodite, Museu arqueológico nacional de Atenas. Encontrada no sul da Itália, trata-se de uma cópia romana do século II dC de um original grego do século IV aC. Pescoço, cabeça e braço esquerdo foram restaurados por Antonio Canova. Os gregos da Antiguidade trouxeram para o campo da cultura o que nossos antepassados da pré-história consideravam para a natureza, a sexualidade. Os helenos disciplinaram a sexualidade e garantiram o caráter social da fertilidade. Parian marble. Mármore de Paros Fonte: http://shakespeare.berkeley.edu/gallery2/main.php?g2_itemId=17589

3 comentários

  1. Excellent beat ! I wish to apprentice whilst you amend your web site, how could i subscribe for a weblog site? The account aided me a appropriate deal. I had been a little bit acquainted of this your broadcast provided vibrant transparent concept

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s