Ensaio

A deusa Mãe e a mãe mortal

A mãe mortal, presente no nosso mundo sensível – representada pela Vênus esteatopígica –, e a mãe imortal, a deusa Mãe-Terra, se complementam, pois ambas estão centradas no princípio da fertilidade. A mulher e a natureza são duas expressões da deusa Mãe.
A mãe protetora está também associada à terra nutridora, ao campo aprovisionador, à terra acolhedora e acalentadora, à caverna protetora, à vegetação circundante, à vaca aleitadora e ao rebanho (Brandão, 2001, p. 48).

image50
Figura 1. Estatueta denominada « O Losango » do período Gravetiano (25000 aC), feita de esteatita, com 6,1 x 2,1 cm e descoberta em 1883-1895 no sítio Louis-Alexandre Jullien. Museu de Arqueologia Nacional (Collection Piette), Saint-Germain-en-Laye, França. A mãe mortal e a deusa Mãe-Terra são expressões do princípio da fertilidade. Fonte: http://musee-archeologienationale.fr/phototheque/oeuvres/figurine-dite-le-losange_sculpture-technique_steatite
image51
Figura 2. Pierre-Auguste Renoir, “As banhistas” (1887). Detalhe. Philadelphia Museum of Art, Mr. and Mrs. Carroll S. Tyson Collection. A modernidade adotou a sensualidade como manifestação do belo feminino, relegando a fertilidade ao espaço da vida privada e à natureza. Fonte: Philadelphia Museum of Art. Disponível em http://www.sothebys.com/en/auctions/ecatalogue/2011/impressionist-modern-art-evening-sale-n08741/lot.30.html

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s