Ensaio

A arte imanente

Arte, autônoma em relação a um objeto útil de uso frequente e corriqueiro, só veio a aparecer no paleolítico superior, com a humanidade nova. As esculturas de pedra surgiram em torno de 35.000 anos atrás com as Vênus esteatopígicas. Relembrando que esteatopigia vem do grego e, literalmente, quer dizer gordura na nádega.
Entretanto, a busca da humanidade por uma estética é bem anterior. A biface começou a ser produzida pelo homem há cerca de 1.500.000 anos. A biface é uma peça composta de um punho, por onde ela é segurada para ser manuseada, e de uma “lâmina”. Ela é simétrica nos seus dois sentidos longitudinais: tem “corte” nos dois lados e, entre os cortes, ela é simetricamente abaulada.

image15
Figura 1. Biface de sílex descoberta em Montbellet, França, pertencente ao Paleolítico médio. 19,2 cm de comprimento. A simetria da biface, mesmo que ainda não apresente uma forma bem acabada aos olhos de hoje, foi a primeira expressão do belo adotada pelo ser humano. Fonte: http://saas.tournus.pagesperso-orange.fr/grat/activites2007.htm
image16
Figura 2. “Escuta” (Écoute) é uma obra do artista francês Henri de Miller. Trata-se de uma escultura de arenito, concebida em 1986 e colocada no jardim des Halles, em frente à igreja de Saint-Eustache, Paris. A busca do belo tem uma longa história que inclui tanto a biface quanto a escultura contemporânea. Fonte: http://www.cosmovisions.com/monuParisSaintEustache.htm#l4pDbCOXJ7vF0R5B.99

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s